ROCK OITENTISTA

Loading...

sexta-feira, 25 de junho de 2010

" WINGER "


Winger é uma banda estadunidense de Heavy Metal/Hard Rock
formada em 1987 em Nova Iorque.
Kip Winger é americano, de Denver. Estudou música clássica na sua adolescência. Começou estudando em Nova York e depois voltou para Denver, com o propósito de estudar na universidade de lá. Ao mesmo tempo que estudava ballet clássico, Kip compunha suas canções voltadas para o Rock. Suas maiores influências eram Yes, Jethro Tull e Alice Cooper.
Em 1982 Kip retornou a Nova York e procurou seu velho conhecido que havia se tornado um conceituado produtor: Beau Hill.
Kip começou a fazer trabalhos de freelancer; compunha e fazia arranjos de estúdio juntamente de Beau. A idéia de Kip era formar uma banda, mas estava difícil achar os componentes ideais. Suas contribuições mais relevantes estão no álbum de Fiona “Beyond the pale” e do Kix, onde ele co-escreveu a canção “Bang Bang”.
Em 1986, surge a grande oportunidade de Kip. Alice Cooper procurava por um baixista para gravar o álbum “Constrictor”, e ele conseguiu a vaga. Durante a turnê do álbum, ele aproveitava os momentos vagos para preparar o material para o álbum de sua banda que já tinha mais dois integrantes: Paul Taylor e Reb Beach. O Tecladista e o guitarrista da banda de Alice se mostraram interessados no projeto de Kip. Para fechar o time, ele contactou o renomado baterista de estúdio Rod Morgenstein, que aceitou o convite.
Após gravar mais um álbum com Alice Cooper, a banda entrou em estúdio para a gravação de estréia. Inicialmente a banda se chamaria Sahara, mas por sugestão de Alice, eles usariam o sobrenome de Kip. Como o Van Halen, a banda se chamaria apenas Winger.

O disco foi elogiado pela crítica. O single “Seventeen” empolgou os produtores que queriam mais. Assim sendo sai em 90 “In the heart of The Young”. O disco consegue destaque no cenário devido ao hit “Miles Away”. O Winger parte para a estrada junto de bandas como Kiss e Slaughter. "Miles Away" também entrou na trilha sonora internacional da novela global Felicidade, em 1991.
Com a mudança da tendência musical, o Winger assume uma nova postura. O Hard estava caindo e o alternativo subindo, e a banda tentou pegar uma carona no trem que subia.
Em 1993, eles editam “Pull”. A banda se mostra como um trio, já que Paul Taylor preferiu dedicar-se a outros projetos. O disco não convence os fãs, nem a mídia, apesar de Kip dizer até hoje que é o melhor disco que ele já fez em sua carreira.
O Winger resolver se separar, e Kip começa a pensar em um álbum solo, quando uma tragédia acontece, sua esposa Beatrice morre em um acidente de carro. O disco é lançado com o nome de “This conversation seems like a dream”. Kip parte para uma turnê acústica, e logo em seguida grava “Down Incognito”.
Mergulhado em melancolia, Kip solta mais um álbum solo em 1999, batizado de “Songs from the Ocean Floor”, um álbum dedicado a sua esposa falecida.
Com a entrada do ano 2000, Kip resolve começar uma nova era. Procurando esquecer a melancolia dos álbuns solos, ele coloca o Winger novamente na ativa e desta vez a banda volta como um quinteto. Além dos quatro integrantes originais, soma-se mais um guitarrista chamado John Roth.
Atualmente a banda faz apresentações ao vivo e ainda recebe muitos elogios. Um novo álbum de estúdio está caminho. Um DVD intitulado "Live", com os grandes sucessos do grupo foi lançado recentemente para o deleite dos fãs de Winger.

Discografia

Álbuns de estúdio

Winger (1988)
In the Heart of the Young (1990)
Pull (1993)
IV (2006)
Karma (2009)

Álbuns ao vivo

Winger Live (2007)
[editar] Compilações
The Very Best of Winger (2001)
Demo Anthology (2007)

Singles


1988 "Madalaine" - #27 Winger (Sahara)
1989 "Seventeen" #26 #19 Winger (Sahara)
1989 "Headed for a Heartbreak" #19 #8 Winger (Sahara)
1989 "Hungry" #85 #34 Winger (Sahara)
1990 "Can't Get Enuff" #42 #6 In the Heart of the Young
1990 "Miles Away" #12 #14 In the Heart of the Young
1991 "Easy Come Easy Go" #41 #20 In the Heart of the Young
1993 "Down Incognito" - #15 Pull

domingo, 20 de junho de 2010

" SLAYER "


Slayer é uma banda de thrash metal americana, fundada pelos guitarristas Jeff Hanneman e Kerry King, em 1981. Slayer ficou famoso como um dos líderes do movimento americano thrash metal com o lançamento de 1986, Reign in Blood, que foi chamado de "o álbum mais pesado de todos os tempos" pela revista Kerrang!. A banda é creditada como uma das "quatro grandes" bandas de thrash metal, juntamente com Anthrax, Megadeth e Metallica.
O Slayer é conhecida pelas suas características musicais, envolvendo rápido tremolo picking, solos de guitarra, bateria com bumbo duplo, e vocais gritados.
As letras da banda e arte dos álbuns—que abrangem temas como a morte, genocídio, necrofilia, loucura, religião, serial killers, e guerra—têm gerado atrasos, proibições, ações judiciais e fortes críticas por parte de grupos religiosos e ao público em geral.

Desde a sua gravação de estreia em 1983, a banda lançou dois álbuns ao vivo, um box set, três DVDs, um VHS, dois EP, e dez álbuns, quatro dos quais já receberam certificação de ouro nos Estados Unidos. A banda já recebeu três indicações para o Grammy, vencedo em 2007 com a canção "Eyes of the Insane", e em 2008 com a canção "Final Six". Eles têm participado de festivais em todo o mundo,
incluindo Ozzfest e The Unholy Alliance.



terça-feira, 15 de junho de 2010

" ANTHRAX "


O Anthrax é uma banda de heavy metal dos Estados Unidos da América formada em 1981. Foi uma das mais populares bandas da cena thrash dos anos 1980, notáveis pela sua combinação de metal com hardcore punk e música alternativa.
Juntamente com Metallica, Slayer e Megadeth, são considerados os big four do
thrash metal.
Os integrantes participaram diversas vezes em programas de televisão, incluindo Married... with Children, WWE RAW e NewsRadio. Também apareceram em filmes como Run Ronnie Run (como a banda fictícia Titannica) e Calendar Girls.

Formado em Julho de 1981, o Anthrax é a uma das bandas mais importantes do cenário thrash, inicialmente composta por Scott Ian (segundo guitarrista), Danny Lilker (primeiro guitarrista), Dave Weiss (bateria), John Connelly (vocal) e Kenny (baixo). "Howling Furies" foi uma das primeiras músicas que Scott escreveu, juntamente com Dave. A banda fez suas primeiras apresentações no porão de uma igreja.

Meses depois banda passou por suas primeiras mudanças na formação: saíram Kenny e Dave, entrando Paul Kahn e Gregg D'Angelo em seus lugares respectivamente. No início de 1983 gravaram uma demo que continha "Across the River", "Howling Furies" e "Panic", entre outras. Ainda neste ano, gravaram outra demo, agora com Charlie Benante na bateria, que chamou a atenção da recém formada gravadora Megaforce Records. Danny "Dan" Spitz (ex-Overkill) juntou-se à banda, no lugar de Danny Lilker, que assumiu o baixo no lugar de Paul Kahn (que deixou a banda).
Saem em turnê com o Metallica e o Raven.
Em 1984 gravam o primeiro LP Fistful of Metal, de onde saiu alguns de seus principais clássicos, tais como "Metal Thrashing Mad", "Panic" e "Deathrider". Ocorrem mais mudanças: Danny Lilker é trocado por Frank Bello (na época, roadie da banda). Joey Belladonna é recrutado para os vocais e, em 1985, gravam o EP Armed and Dangerous, que garante um contrato com a Island Records.
No mesmo ano o Anthrax grava seu segundo LP, que seria um grande marco da banda e da cena thrash: Spreading The Disease, que foi origem de grandes hits da banda como "A.I.R", "Madhouse", "Gung-Ho" e "Medusa". A música e o videoclipe de "Madhouse" chegaram a ser praticamente proibidos na Europa por mostrar a banda pulando feito loucos (se divertindo). O LP vendeu mais de 100 mil cópias só nos Estados Unidos, e o mesmo na Europa. Scott Ian formou nessa época um projeto paralelo, o Stormtroopers of Death (ou simplesmente S.O.D., como ficou conhecida), juntamente com o baterista do Anthrax e com o ex-baixista do Anthrax, Danny Lilker.

1986 foi um ano de apresentações e turnês intensas. Em 1987 saiu o terceiro álbum, Among the Living (dedicado entre outros a Cliff Burton do Metallica), considerado o melhor álbum da banda e um dos maiores clássicos do thrash metal. As primeiras quatro canções desse álbum são considerados hinos da banda, sendo que são executadas em todas as apresentações. Outro hit é "Indians", falando sobre o expurgo e a caçada contra os índios na colonização dos Estados Unidos. A canção "I Am The Law" fala sobre o personagem de quadrinhos Judge Dredd, ou Juiz Dredd.
Ainda nesse ano eles tocaram no Donington's Monsters of Rock e lançaram o EP I'm The Man, que conta com a canção "I'm The Man", uma mistura perfeita de rock com rap em tom de deboche, algo inusitado para uma banda de thrash metal na época. O EP contém ao todo seis canções: "I'm The Man" de estúdio com censuras nos palavrões, "I'm The Man" de estúdio sem censuras, "Sabbath Bloody Sabbath" do Black Sabbath, "I'm The Man" ao vivo sem censura e recheado de palavrões e versões de "Caugh In A Mosh" e "I Am The Law" ao vivo.
Em 1988 saiu o primeiro VHS, N.F.V. (Oedivnikufesin) (nome que segue uma brincadeira feita pela banda, que lido ao contrário, revela-se Nisefukinvideo), além do quarto LP, State of Euphoria. Nesse ano também lançam outro EP na Europa, Penikufesin, Com quatro novas canções, uma versão francesa de "Anti-social" e uma regravação de "Now It's Dark" de State of Euphoria.

Persistence of Time, o quinto LP, saiu em 1990, mantendo o mesmo peso dos anteriores, porém meio sem graça segundo a crítica. Durante a gravação desse álbum, o estúdio da banda entrou em chamasContando com hits como "Time", "Got The Time", "Keep It In The Family", "In My World" e "Blood". Em 1991 é lançado Attack of the Killer B's, com apresentações ao vivo, canções nunca lançadas e também "Bring the Noise", outra mistura de rock com rap, gravada com o Public Enemy. Depois disso assinam um contrato com a Elektra Records, e, para a tristeza de muitos fãs, o vocalista Joey Belladonna é despedido por divergências musicais, em março de 1992.
Alguns meses se passaram na busca de um novo vocalista e John Bush é convidado. O novo álbum, Sound of White Noise é lançado um ano após a saída de Joey. O som da banda continua pesado, porém não tão rápido como era costume da banda. Em 1993 e 1994, tocaram em algumas trilhas (Last Action Hero e Airheads).
Em 1994 foi lançado o primeiro álbum ao vivo, Live the Island Years. Em Março do ano seguinte, Danny Spitz saiu da banda e não houve um substituto. A guitarra é revezada por Dimebag Darrel (do Pantera), Scott e Paul Crook no álbum Stomp 442. Em 1996 a banda realizou turnê pelos Estados Unidos e Europa.
Em 1997 surgiram rumores de que a banda iria terminar, o que não aconteceu. O Anthrax criou a Skism Records, um selo próprio para gravar o próximo álbum. Volume 8 é lançado em fevereiro do ano seguinte. Em março saiu também uma coletânea Moshers (1986 - 1991).
O que ninguém poderia imaginar é que, depois de aproximadamente quinze anos de ter batizado a banda, Scott Ian teria que dar entrevistas sobre o nome escolhido. É que depois dos atentados terroristas a Nova Iorque em 2001, todos os jornais divulgaram uma onda de contaminação pela bactéria Anthrax, causando alguns transtornos para o grupo. Nesse ano também lançam a coletânea Madhouse - The Best Of Anthrax, com todos os maiores hits da banda.

O Anthrax lançou We’Ve Come For You All em 2003, pela Nuclear Blast. Com o reforço de Rob Caggiano nas guitarras, o álbum foi eleito um dos melhores de toda a carreira do grupo, tanto pelo público quanto pela crítica. A faixa "Safe Home" ainda ganhou um videoclipe com a participação especial do ator Keanu Reeves, amigo pessoal e grande admirador da banda. Outros hits da banda são as canções "What Doesn't Die" e "Strap It On".
Em 2004 o baixista Frank Bello anunciou sua saída do elenco da banda para integrar o Helmet. Pouco tempo depois o Antrax colocou nas lojas o DVD ao vivo Music Of Mass Destruction, trazendo um registro de uma apresentação gravada em Chicago, nos Estados Unidos. Algum tempo depois o grupo voltou a chamar a atenção com o disco The Greater Of Two Evils. O material reuniu no repertório os principais clássicos da carreira do Anthrax lançados entre 1984 e 1990, contando com os vocais de John Bush, enquanto as versões originais traziam Neil Turbin ou Joey Belladona à frente dos microfones.
A grande novidade na trajetória musical do grupo estava para acontecer em 2005. Depois de um bom tempo longe do elenco da banda, o ex-vocalista Joey Belladonna voltou a assumir os vocais. Com a banda em sua formação clássica chegou às lojas o CD e DVD ao vivo Alive 2, reunindo grandes sucessos da carreira do grupo.
Após 18 meses no Anthrax, Fora anunciado por Scott Ian anunciada o fim da reunião da formação clássica por causas não divulgadas. Joey Belladonna está fora novamente.
Actualmente, há rumores de que o próximo vocalista da banda será Corey Taylor, fundador da banda Stone Sour e parte integrante da banda Slipknot. O músico afirma que seria um sonho tornado realidade pois Anthrax é uma das suas bandas preferidas desde muito novo e diz ainda que enquanto esteve a trabalhar com a banda essa ideia surgiu em jeito de brincadeira, mas quanto mais falavam disso, mais sério se tornava. Corey Taylor não confirma nem desmente se avançará com esse projecto. Atualmente a banda está terminando a mixagem de seu novo álbum intitulado Worship Music, Este álbum é o primeiro com o novo vocalista Dan Nelson.
Em 3 de setembro de 2009, foi anunciado que John Bush seria mais uma vez o vocalista do Anthrax, e que iriam tocar no Loud Park Festival '09, festival realizado no Japão no dia 17 de outubro.
Se existe algo que o Anthrax sabe fazer além de bom Thrash, é trocar de vocalista. Em maio de 2010 Joey Belladonna foi anunciado como vocalista da banda novamente e participará da turnê "Big Four", com Metallica, Slayer e Megadeth.




Discografia Álbuns

Fistful of Metal (1984)
Spreading The Disease (1985)
Among The Living (1987)
State of Euphoria (1988)
Persistence of Time (1990)
Sound of White Noise (1993)
Stomp 442 (1995)
Volume 8 (1998)
We've Come for You All (2003)

EPs
Armed and Dangerous (1985)
I'm The Man ( 1987)
Penikufesin (1989)

Álbuns Ao Vivo

The Island Years (1994)
Music of Mass Destruction (2004)
Alive 2 (2005)

Coletâneas

Attack of the Killer B's (1991)
Moshers - 1986-1991 (1998)
Return Of The Killer As (1998)
Madhouse - The Very Best Of Anthrax (2001)
The Greater of Two Evils (2004)
Anthrology No Hit Wonders (1985-1991) (Best of) (2005)

Videos e DVDs

Music Of Mass Destruction
Anthrology No Hit Wonders (1985-1991) (2005)
Alive 2

Membros Formação Atual

Scott Ian - guitarra
Frank Bello - baixo
Charlie Benante - bateria
Joey Belladonna - vocal
Rob Caggiano - guitarra

Ex-membros

Neil Turbin - vocal
Dan Nelson - vocal
Rob Caggiano - guitarra
Danny Lilker - baixo
Dan Spitz - guitarra
Joey Vera - baixo
John Bush - vocal

quarta-feira, 2 de junho de 2010

" CENTURY "


Century foi uma banda francesa da década de 1980 de rock formada em,
Marselha em 1979.Liderada pelo cantor e compositor Jean Duperron, Century é provavelmente mais conhecida pelo single "Lover Why" do álbum ...And Soul It Goes em 1986. Em 1988 foi lançado o último álbum Is It Red?. No Brasil as músicas "Gone with the Winner" foi tema da novela Hipertensão e a "Lover Why" foi tema da novela Ti Ti Ti, ambas em 1986 pela Rede Globo.

O Hit da banda "Lover Why" alcançou o primeiro lugar por sete vezes na França e Portugal e a décima primeira colocação na Suíça. O segundo single da banda, Jane atingiu apenas a trigésima quinta posição na França.

Membros

A banda foi composta por Jean-Louis Milford (teclados), Éric Traissard (guitarra), Laurent Cokelaere (baixo), Christian Portes (bateria) e o segundo guitarrista Jean-Dominique Sallaberry, além do líder e compositor Jean Duperron. Em 1989 a banda termina.

Discografia



 1986 - And Soul It Goes

1.Pay As Your Hurt
2.Lover Why
3.Nigel Understands
4.(On A) Landslide
5.Jane
6.The Day The Water Dried
7.Gone With The Winner
8.Self Destruction
9.Fly Me To The Ground



1988 - Is It Red?

1.Colour Of The Wine (Fast Version)
2.Gemini (First Version)
3.Does She Love You To Mother You?
4.A Donf-Himalaya
5.Blues On A Monday
6.High On The Beam
7.Colour Of The Wine (Slow Version)
8.This Way To Heaven
9.O'Radio
10.Mixed Amelia
11.Out Of My Way
12.Is It Red?