ROCK OITENTISTA

Loading...

sábado, 15 de setembro de 2007

" SPANDAU BALLET "


Em 1979 o movimento New Romantic estava no auge. Eram comuns nos jornais ingleses frases como “Os New Romantics estão aqui!”. Eles prestavam muita atencão na aparência, sendo rapidamente identificados nas ruas de Londres por suas roupas e incriveis penteados. Bandas como Duran Duran, Classic Noveaux e Visage seriam os expoentes desta nova era de romantismo.

Foi nesta época que quatro colegas de escola londrinos, Gary Kemp (tocando guitarra), Tony Hadley (vocal), Steve Norman (saxophone e percussão), John Keeble (bateria), junto com um amigo deles, Richard Miller (baixo), decidiram formar uma banda, The Makers, tocando em alguns pubs do East-End. Entretanto logo após uma pequena viagem a Berlin, o irmao de Gary, Martin Kemp substituiu Richard e a banda mudou o nome para Spandau Ballet. O novo nome foi inspirado de uma inscrição no muro de uma prisão em Spandau - Berlin. Chamando um outro colega de escola, Steve Dagger, para atuar como empresário, o grupo tocou em vários locais, inclusive em um Cruzeiro britânico ancorado próximo a Torre de Londres, no mais puro estilo New Romantic. Foi tanto o sucesso, que o proprietário da Island Records, Chris Blackwell ofereceu um contrato, mas este foi rejeitado, e ao invés o grupo formou o seu próprio selo, Reformation.

No inicio dos 80 eles foram filmados para um documentário da televisão e logo após licenciaram o selo através da Chrysalis Records. O primeiro sucesso To Cut A Long Story Short alcançou o Top 5 da parada britânica, havendo a gravação do primeiro album, Jorneys to Glory. No ano seguinte apareceram os singles The Freeze e Musclebound. Com o single Chant n 1 (I Don’t Need This Pressure On) que alcançou o Top 3, a banda revelou uma tendência mais para o soul/funk junto com uma nova imagem. Seguiram singles sem muito sucesso como Paint Me Down, She Loved Like Diamond e Instinction, este ultimo com produção de Trevor Horn.

Em 1983 o grupo seguiu uma direção mais pop com o album True, conseguindo chegar ao topo da parada britânica e entre as dez dos EUA com o hit True. Começaram a circular na imprensa boatos sobre a rivalidade entre Spandau Ballet e Duran Duran, mas ao que parece eram só boatos, nao havia inimizades. Talvez como prova disso, há a participação das duas bandas no projeto de Bob Geldof para ajudar os africanos, Ban-Aid em 1984.

Seguiram -se outros sucessos, incluindo Only When You Leave, Higly Strung e Round And Round. Uma longa dusputa legal com a Chrysalis impediu o trabalho do grupo até eles assinarem com a CBS/Columbia Records em 1986 quando gravaram o album Through The Barricades.

Em 1989 saiu o album Heart Like A Sky. Desde então os irmaos Kemp começaram a atuar no cinema. Tony continuou em carreira solo. Em um de seus albuns ele regravou sucessos de outros artistas, incluindo a musica Save a Prayer com participação de Simon Le Bon nos backing vocals e participou de uma musica do album The Time Machine de 1999 do Alan Parsons Project. Steve e John tambem gravaram alguns albuns. Questionado sobre a volta do Culture Club e Howard Jones, Martin Kemp disse que agora prefere ser ator do que musico. Já em maio de 2000 Tony, Steve e John apresentaram os maiores hits do Spandau em dois shows em Dublin e Londres. E apesar de alguns problemas com direitos autorais em 99, a banda nunca se separou oficialmente.



DISCOGRAFIA

JOURNEYS TO GLORY - 1980
DIAMOND -1981
TRUE -1983
PARADE-1984
THROUGH THE BARRICADES - 1986
HEART LIKE A SKY - 1989
THE SINGLES COLLECTION - 1986


Nenhum comentário:

Postar um comentário